Bookmaker artbetting.co.uk - Bet365 review by ArtBetting.co.uk

Bookmaker artbetting.gr - Bet365 review by ArtBetting.gr

Germany bookmaker bet365 review by ArtBetting.de

Premium bigtheme.net by bigtheme.org

“Foi escrita a ouro mais uma página da história dos Bombeiros Voluntários de Rio Maior”

Paulo Araujo 9 Dezembro, 2015 0
“Foi escrita a ouro mais uma página da história dos Bombeiros Voluntários de Rio Maior”

A afirmação foi do Vice-Presidente do Conselho Executivo da Liga dos Bombeiros Portugueses durante a cerimónia do 123.º aniversário da corporação riomaiorense

A Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Rio Maior celebrou ontem, 8 de dezembro, o seu 123.º aniversário.

A Direção e Comando do Corpo de Bombeiros preencheram a manhã com o Hastear da Bandeira, o Café do Bombeiro e uma romagem ao cemitério em homenagem aos bombeiros, sócios e amigos falecidos, tendo sido depostas coroas de flores no talhão onde repousam os restos mortais daqueles que em tempos deram parte da sua vida a esta nobre instituição.

Seguidamente, foi feita a receção às entidades convidadas tendo a Fanfarra dos Bombeiros, dirigida pelo Maestro Cristiano Pestana, oferecido ao muito público presente uma excelente atuação.

Pouco depois, o Salão Nobre, completamente lotado, acolheu a sessão solene comemorativa deste 123.º aniversário dos Bombeiros de Rio Maior, que ficou marcada pela boa disposição dos oradores.

Na Mesa de Honra sentaram-se Isaura Morais, Presidente da Câmara Municipal de Rio Maior, Francisco Colaço, Presidente da Direção da Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Rio Maior (AHBVRM), Paulo Cardoso, Comandante da instituição, Eduardo Casimiro, Presidente da Assembleia Geral da AHBVRM, Adelino Gomes, Vice-Presidente do Conselho Executivo da Liga dos Bombeiros Portugueses, José Guilherme São Marcos, 2.º Comandante Operacional Distrital, Carlos Manuel Gonçalves, Presidente da Federação dos Bombeiros do Distrito de Santarém, e Leonardo Ferreira, Presidente do Conselho Fiscal da AHBVRM.

A iniciar a sessão, conduzida pelo Adjunto de Comando, Samuel Dias, ouviu-se o hino da Liga dos Bombeiros Portugueses.

O primeiro orador da manhã foi o Presidente da Assembleia Geral da AHBVRM que relembrou como foi criada esta nobre instituição. “Temos de valorizar os soldados da paz que ao longo dos anos têm prestado um serviço de proximidade, de forma voluntária, em defesa das populações e dos seus bens”, frisou Eduardo Casimiro, que prosseguiu: “Quero saudar os atuais bombeiros que muitas vezes colocam em perigo a sua integridade física e a sua vida para servir o seu semelhante. O Comandante Paulo Cardoso pode orgulhar-se dos seus bombeiros, pois está a fazer história com o trabalho desenvolvido nesta instituição”, referiu.

Eduardo Casimiro terminou a sua intervenção agradecendo à fanfarra e ao seu maestro, Cristiano Pestana, “pela maneira digna como tem representado a Associação, quer localmente, quer em atuações fora do nosso concelho”, sustentou o Presidente da Assembleia Gera da AHBVRM.

Seguiu-se a distinção à Junta de Freguesia de Rio Maior, na pessoa do seu Presidente, Luís Filipe Santana Dias, com a atribuição do título de sócio benemérito, em virtude dos melhoramentos recentemente realizados no quartel-sede dos Bombeiros Voluntários de Rio Maior.

“Gostava de começar por dizer que é para a Junta de Freguesia de Rio Maior uma honra, poder associar-se aos Bombeiros Voluntários de Rio Maior, para comemorar o seu 123º aniversário. 123 anos de história e de estórias, 123 anos de trabalho em prol da comunidade, 123 anos de serviço abnegado”, começou por realçar Luís Filipe Santana Dias na sua intervenção.

Prosseguindo, o Presidente da Junta de Freguesia de Rio Maior referiu: “Por certo seria de esperar que depois de 123 anos, qualquer associação, pudesse apresentar já o peso da idade, porventura algum cansaço ou menos vitalidade. Pois bem, nada mais longe da realidade quando comparado com a real situação desta associação. Justiça seja feita, a nossa associação de bombeiros, sempre soube escolher para a sua liderança, equipas de pessoas que souberam manter a fasquia do desafio bem alta, nivelando sempre pelo nível da excelência a sua atuação. Os resultados desse trabalho falam por si. Caro presidente Sr. Francisco Colaço, permita-me na sua pessoa endereçar-lhe da parte da Junta de Freguesia que tenho a honra de presidir, os nossos mais respeitosos cumprimentos e admiração, obviamente extensivos a toda a equipa que fielmente o acompanha, e que como o senhor, se entrega de corpo e alma a este projeto”.

Luís Filipe Santana Dias referiu ainda: “Hoje, a Junta de Freguesia de Rio Maior é distinguida nesta casa por quem merece distinção todos os dias! Quanta honra meus amigos! Muito agradecemos este reconhecimento, e acreditem que o reconhecimento e admiração que temos por vós não conhece limites! Espero que a Junta de Freguesia de Rio Maior esteja sempre à altura de poder ajudar a suplantar as vossas necessidades, da minha parte terão a total garantia que tudo faremos para nunca vos falhar”.

O autarca riomaiorense terminou a sua intervenção com uma frase sentida: “Como havemos de ser justos convosco rapazes? Não conseguiremos! Pois se não vos conseguimos ser justos, que pelo menos vos sejamos gratos! Vivam os Bombeiros Voluntários de Rio Maior”.

Seguidamente foram promovidos a bombeiros de 3.ª os seguintes estagiários: Rui Matias, Rafael Frazão, Inês Pereira, Tiago Cruz, Jéssica Afonso e Nelson Comenda.

Foi condecorado com a medalha de Grau Cobre, em virtude de 5 anos de assiduidade e de bons e efetivos serviços o bombeiro de 3.ª Filipe Rodrigues.

Foram ainda condecorados com a medalha de Grau Cobre, em virtude de 5 anos de bons e efetivos serviços os seguintes elementos dos órgãos sociais: Suplente da Mesa da Assembleia Geral, Vitor Coelho Montêz, Presidente do Conselho Fiscal, Leonardo Ferreira, Vice-presidente do Conselho Fiscal, Rui Santos, Vice-Presidente da Direção, Arlindo Lopes, 1.ª Secretária da Direção, Débora Antunes e os Vogais da Direção, Luís Vicente e Paulo Costa.

Foram igualmente condecorados com a medalha de Grau Ouro, em virtude de 15 anos de bons e efetivos serviços os seguintes elementos dos órgãos sociais: Secretário do Conselho Fiscal, José Anes, e o Presidente da Direção Francisco Colaço.

Paulo Cardoso, Comandante dos Bombeiros Voluntários de Rio Maior, usou seguidamente da palavra, começando por salientar: “As minhas primeiras palavras são obrigatoriamente direcionadas para o passado. Passado esse que nos honra, que nos guia, e que nos orgulha. Cento e vinte e três anos de história, onde a solidariedade, a fraternidade e o amor ao próximo estiveram sempre na linha da frente. Não é fácil transmitir nestas palavras tudo aquilo que esta Associação e o seu Corpo de Bombeiros significam para mim e para todos nós”, frisou.

O comandante dirigiu-se depois ao quadro ativo da sua instituição: “São estas mulheres e homens que demonstraram durante o presente ano, total disponibilidade, e o espírito de sacrifício necessário para desempenharem de forma disciplinada, abnegada, correta e profissional, diria mesmo brilhante, a missão que lhes está confiada pelo Estado Português”.

Paulo Cardoso deixou ainda um recado: “À Exma. Senhora Presidente Isaura Morais, e á população do Concelho, quero assumir o compromisso, de em conjunto com este Corpo Ativo continuar-mos a pugnar pela segurança coletiva deste maravilhoso Concelho, que é o de Rio Maior”, proferiu.

O comandante dos Bombeiros Voluntários de Rio Maior dirigiu depois as suas palavras para a direção da instituição: “Fruto do planeamento e da gestão apertada do orçamento dos bombeiros de Rio Maior, tem sido possível realizar impensáveis investimentos. A colaboração da atual direcção, não se reporta somente a investir e valorizar os bens materiais. Honra aqui fica feita ao esforço empreendido no sentido de dar todos os dias as melhores condições de trabalho e conforto aos nossos bombeiros voluntários e assalariados, para que sintam este quartel como a sua casa. Refiro-me entre as de maior envergadura, e realizada no corrente ano, da remodelação da central de comunicações, sala de comando e sala de planeamento”, frisou Paulo Cardoso que terminou a sua intervenção agradecendo a todas as secções dos Bombeiros Voluntários de Rio Maior.

Seguiu-se a intervenção do Presidente da Direção da AHBVRM, Francisco Colaço, que começou por dizer: “Esta associação faz hoje 123 anos e está por isso de parabéns. Muito do que temos conseguido até hoje só foi possível graças à entrega e dedicação de muitos homens e mulheres que connosco compartilham o sentimento de que só juntos conseguiremos mais e melhor, em prol de uma comunidade nem sempre atenta às nossas necessidades”.

Prosseguindo, Francisco Colaço referiu ainda: “Continuamos a investir em equipamento, em viaturas, em recursos humanos e na valorização do nosso património, de que é exemplo a distinção já hoje aqui atribuída à Junta Freguesia de Rio Maior, que nos permitiu concluir um projeto com quase 20 anos e que representa a ideia de que as parcerias são profícuas em função das necessidades coletivas devidamente identificadas”.

Francisco Colaço dirigiu-se de seguida ao corpo ativo: “Para os nossos funcionários e para as nossas bombeiras e bombeiros, deixo uma palavra de apreço em nome da direção, pois é claro o nosso reconhecimento pela dedicação, abnegação, empenho, profissionalismo e espírito de sacrifício demonstrado perante as adversidades das missões solicitadas. Vocês são, efetivamente, o verdadeiro pilar desta Instituição, são uma componente fundamental da estrutura de Protecção Civil e a vossa ação a nível local, regional e nacional deve ser devidamente agradecida e felicitada”, referiu o Presidente da Direção que terminou a sua intervenção frisando: “Os Bombeiros são voluntários, especiais e únicos. Mas são voluntários com muita responsabilidade. Têm a responsabilidade de proteger vidas e bens”.

Seguidamente, o maestro da Fanfarra dos Bombeiros Voluntários de Rio Maior, Cristiano Pestana, chamou os nomeados para receberem os prémios referentes ao ano 2015. Pela assiduidade foram galardoados os músicos Fernando Carmo, Duarte Carmo, Dulce Ramos e Catarina Lima. Nesta cerimónia foram ainda distinguidos o trompete do ano 2015, Duarte Carmo e as percussionistas do ano 2015, Bruna Lázaro e Rute Seabra.

Voltou-se novamente à fase dos discursos, cabendo ao Presidente da Federação dos Bombeiros do Distrito de Santarém usar da palavra. Carlos Gonçalves elogiou os discursos do Presidente da Assembleia Geral da AHBVRM e do Presidente da Junta de Freguesia de Rio Maior, e também a atuação da Fanfarra.

Carlos Gonçalves dirigiu-se depois aos seis novos bombeiros da corporação riomaiorense para lhes dizer: “É uma responsabilidade acrescida que vocês hoje aqui assumem e que vos marcará certamente para a vossa vida, pelo bem que irão fazer nesta nobre missão”.

O Presidente da Federação dos Bombeiros do Distrito de Santarém terminou a sua intervenção com um viva aos bombeiros de Rio Maior, “vivam e continuem a viver por muitos anos sempre desta forma fraterna e amiga que carateriza o vosso corpo de bombeiros”, concluiu.

Coube de seguida ao Vice-Presidente do Conselho Executivo da Liga dos Bombeiros Portugueses usar da palavra. Adelino Gomes começou por dizer que “foi hoje escrita a ouro mais uma página da história desta associação. Desejo que tenham no futuro tudo aquilo que merecem”.

Adelino Gomes dirigiu-se depois à direção dos bombeiros de Rio Maior para lhes dizer: “Vocês têm trilhado o caminho certo. Bem haja Sr. Presidente da Direção pela associação que tem e pelo caminho que têm desenvolvido”, frisou.

O Vice-Presidente do Conselho Executivo da Liga dos Bombeiros Portugueses deu ainda os parabéns à Presidente da Câmara Municipal de Rio Maior, “pelo apoio que tem dado a esta instituição. A sua presença assídua nas cerimónias dos bombeiros é sinónimo disso, mostra que é uma pessoa interessada na associação e no seu corpo de bombeiros”.

A Isaura Morais, Adelino Gome disse ainda: “Pode dormir descansada porque este grupo de homens e mulheres garantem-lhe o seu sono e a certeza que os seus concidadãos estão defendidos e bem defendidos”.

Adelino Gomes terminou a sua intervenção desejando as maiores felicidades aos bombeiros de Rio Maior. “Vocês são os maiores. São os maiores no teatro de operações, são os maiores em tudo aquilo que demonstram e fazem. Têm um comando que é exemplar, alguns mais jovens mas com experiência e um comandante muito experiente, um ‘rato do deserto’, por isso este corpo de bombeiros está bem e recomenda-se”, concluiu o Vice-Presidente do Conselho Executivo da Liga dos Bombeiros Portugueses.

Seguiu-se a intervenção do 2.º Comandante Operacional Distrital. José Guilherme São Marcos começou por referir: “É com humildade que estas primeiras palavras são para vós bombeiros de Rio Maior e são tão simples como isto: Bem hajam. Bem hajam porque é graças à vossa entrega e abnegação que o distrito de Santarém continua a apresentar um nível de excelência no socorro às populações”.

Prosseguindo,  José Guilherme São Marcos referiu ainda: “No dia de hoje em que se celebra mais um aniversário, e depois de um ano extremamente difícil em que vós bombeiros de Rio Maior tantas vezes foram chamados a intervir, devem vos ser transmitidas todas as palavras que permitam dar a conhecer a bravura dos vossos actos. Por muito rica que seja a língua portuguesa não será em momento algum possível colocar em adjetivos ou até mesmo em palavras e frases tudo aquilo que vocês fazem pela vossa comunidade, tudo aquilo que vocês realmente são, por isso resta-me apenas dizer-vos muito obrigado”.

O 2.º Comandante Operacional Distrital lembrou ainda que 2015 foi o mais severo dos últimos quinze anos, “até ao momento tivemos 1326 ocorrências e arderam 2.716 hectares. Foram percorridos pelos 28 corpos de bombeiros do distrito 181.545 quilómetros só durante a fase de Dispositivo de Combate a Incêndios”, frisou.

A terminar, o representante da Proteção Civil deixou um pensamento: “Há homens que lutam um dia e são bons, há outros que lutam muitos dias e são muito bons, há homens que lutam muitos anos e são ainda melhores, mas há homens e mulheres que lutam toda a vida a servir uma comunidade e esses são os bombeiros”, concluiu.

Já na ponta final desta cerimónia, o Presidente da Junta de Freguesia de Rio Maior, Luís Filipe Santana Dias, entregou o prémio Recruta do Ano 2014 à bombeira Tânia Ezequiel.

A Sérgio Matias foi entregue o prémio Bombeiro do Ano “Comandante Dr. Eduardo Agostinho”, tendo o próprio Dr. Eduardo Agostinho, a Presidente da Câmara Municipal de Rio Maior, Isaura Morais, e o Presidente da Assembleia Geral da AHBVRM, Eduardo Casimiro, entregue o “capacete de cristal” ao premiado. Nomeados a este prémio estavam também Sónia Marques e Rúben Carvalho.

Coube a Isaura Morais encerrar a sessão. A Presidente da Câmara Municipal de Rio Maior começou por dizer: “123 anos de dedicação às populações da nossa região, ao auxílio ao próximo, a contribuir para a segurança da nossa comunidade. 123 anos da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Rio Maior, comemorados neste dia 8 de dezembro, data em que relembramos todos aqueles que fundaram e, ao longo dos tempos, se associaram e voluntariaram para que perdurasse no tempo e chegasse aos nossos dias com força e determinação com que a vivemos”.

Prosseguindo, a autarca referiu: “De todas as cerimónias anuais em que participo como Presidente da Câmara Municipal de Rio Maior esta é sem dúvida especial, porque sempre que entro neste espaço sinto orgulho por saber que, no nosso concelho, existem homens e mulheres que escolheram sacrificar o seu tempo, a sua vida, as suas famílias, em prol da nossa comunidade. ‘Vida por Vida’ é o lema sob o qual vivem todos estes bombeiros que, numa sociedade que tende cada vez mais para o individualismo, escolheram ser voluntários ao serviço de todos”, realçou.

Isaura Morais continuou a sua intervenção dizendo: “Nesta cerimónia, compete-me fazer dois justos agradecimentos. Aos Corpos Sociais da Associação Humanitária, na pessoa do seu Presidente, Francisco Colaço, pelo imenso trabalho e dedicação à causa dos bombeiros, com uma gestão rigorosa capaz de encarar os problemas de frente e superá-los e que, ainda assim, é capaz de corresponder às necessidades de um Corpo de Bombeiros moderno, dotado de equipamento de qualidade para todo o tipo de intervenções, como pudemos testemunhar no desfile operacional do passado sábado. E um segundo agradecimento ao Corpo de Bombeiros, na pessoa do Comandante Paulo Cardoso, pela vossa coragem, abnegação, dedicação à causa pública e espirito de corpo que vos permite serem reconhecidos, ao que vou sabendo, como uma força de referência na região”, proferiu a edil riomaiorense.

A Presidente do Município referiu também que “todos nós, enquanto membros da comunidade riomaiorense, devemos olhar para estes homens e mulheres com respeito e admiração, pois ser bombeiro não é uma profissão, não é um capricho, é uma vocação que exige um espirito nobre, altruísta, capaz de se entregar ao voluntariado ao serviço da comunidade. E o mesmo é exigido às suas famílias, que abdicam da sua companhia e da sua presença e, não raras vezes, sofrem até ao seu regresso sãos e salvos a casa. A todos vocês, Bombeiros de Rio Maior, e em nome de todos os riomaiorenses, o meu muito obrigado”, realçou a autarca que terminou a sua intervenção dizendo: “Sabemos perfeitamente que não é fácil gerir uma associação desta dimensão sem fortes apoios, e por isso a Câmara Municipal tem assumido financeiramente essa comparticipação, mesmo apesar das dificuldades económicas que todos conhecemos, por entender que essa é também a sua obrigação enquanto entidade com responsabilidades nas áreas da protecção civil, segurança e saúde. Sabem que, dentro das nossas disponibilidades, têm a porta aberta para, em conjunto, podermos garantir os meios necessários para a segurança dos nossos concidadãos. E posso também anunciar-vos que esperamos, durante o ano de 2016, poder disponibilizar a todos os elementos do quadro dos Bombeiros Voluntários de Rio Maior um conjunto de regalias sociais a nível local, complementares das já estabelecidas pelo Estatuto Social do Bombeiro”, prometeu a Presidente da Câmara de Rio Maior.

Após a sessão solene o Rev. Padre Diogo celebrou na Igreja Paroquial de Rio Maior uma missa solene por intenção dos bombeiros, dirigentes e sócios falecidos.

O 123.º aniversário dos Bombeiros Voluntários de Rio Maior ficou ainda marcado pelo tradicional desfile apeado e motorizado realizado no passado sábado, 5 de dezembro.

Redes Sociais
RSS
Follow by Email
Facebook

Google+

http://comercioenoticias.pt/2015/12/09/foi-escrita-a-ouro-mais-uma-pagina-da-historia-dos-bombeiros-voluntarios-de-rio-maior/
Twitter

FPRM Gina Morais Megamaior Riografica

Comentar »

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.