Bookmaker artbetting.co.uk - Bet365 review by ArtBetting.co.uk

Bookmaker artbetting.gr - Bet365 review by ArtBetting.gr

Germany bookmaker bet365 review by ArtBetting.de

Premium bigtheme.net by bigtheme.org

 Cartaxo: Câmara adjudicou construção do Centro Escolar de Pontével

Paulo Araujo 17 Janeiro, 2017 0
 Cartaxo: Câmara adjudicou construção do Centro Escolar de Pontével

A Câmara Municipal do Cartaxo aprovou, na passada reunião do dia 16 de janeiro, a adjudicação da empreitada para a construção do Centro Escolar de Pontével  – JI+EB1.

O novo equipamento escolar vai ser construído pela empresa Construanza – Construção e Projetos, Lda, terá um valor de 1 milhão e 63 mil euros, com 85% de apoio a fundo perdido e será o maior investimento que o concelho vai receber no âmbito do Portugal 2020. O município investirá cerca de 160 mil euros de capitais próprios.

A par da construção do Centro Escolar, a Câmara Municipal continuará a investir na manutenção e recuperação do parque escolar em todas as freguesias, através “dos acordos de execução com as freguesias que Pedro Magalhães Ribeiro, presidente da Câmara Municipal, referiu “ser para continuar, pelos bons resultados obtidos. Nos últimos três anos, as freguesias receberam 430 mil euros para a manutenção das escolas de 1.º ciclo e jardins de infância da rede pública”.

O presidente da Câmara, que apresentou a proposta ao executivo, lembrou que “o Centro Escolar é há muito uma ambição do município e da freguesia” e vai permitir, por um lado, “assegurar uma resposta de grande qualidade, na área da educação a toda a área sul do concelho”, e por outro, disponibilizar “instalações a outras instituições da freguesia de Pontével, que também aguardam soluções há alguns anos”.

O autarca espera que “dentro de um ano a obra esteja completa”, libertando as instalações da EB1 e do atual Jardim de Infância de Pontével que serão ocupados “a EB1 pelo Centro de Dia de Pontével e o Jardim de Infância, pelo Centro Paroquial de Bem-Estar Social de Pontével”.

O projeto do Centro Escolar foi “resultado de um amplo processo de consulta e auscultação”, referiu o presidente da Câmara, lembrando a apresentação preliminar para debate na receção à comunidade escolar, em setembro de 2016, assim como, o envolvimento “do professor José Luís Avelino, coordenador da nova Carta Educativa do Concelho, da direção do Agrupamento de Escolas D. Sancho I de Pontével, não só do seu Diretor, Dr. Luís Bruno Lourenço, que sempre nos acompanhou, mas também dos professores de todos os estabelecimentos escolares da freguesia, que estiveram nas reuniões promovidas com arquiteto responsável”, destacando ainda a participação dos Bombeiros Municipais do Cartaxo e do Serviço Municipal de Proteção Civil, nos planos de segurança ou a disponibilidade da empresa Gertal, atual responsável pelas refeições escolares, no que respeita aos equipamentos necessários nos futuros refeitórios do Centro Escolar.

Projeto colocou enfâse na sustentabilidade energética dos edifícios e integração com EB 2,3

Quando construído o novo “Centro Escolar vai constitui-se como um espaço de referência”, afirmou Pedro Magalhães Ribeiro, para quem “a obra que agora se vai iniciar trará a Pontével uma resposta de excelência na área da educação e ensino, constituindo-se como um fator de atratividade não só para esta freguesia, mas para todo o território a sul do concelho”.

 Constituído por oito salas de 1.º ciclo e três salas de jardim de infância, os alunos vão partilhar um refeitório comum, pensado para dar resposta às necessidades das diferentes idades – terá uma zona de self-service, para as crianças com mais idade poderem iniciar a sua autonomia durante as refeições, mas terá também novos equipamentos, como um banho-maria portátil, para que as refeições servidas nas mesas, aos mais pequenos. As novas salas serão servidas por um mini polidesportivo e por duas salas polivalentes, que permitem diferentes configurações conforme as necessidades das atividades escolares, permitindo novas possibilidades de ensino/aprendizagem.

O projeto foi definido, com grande enfoque nas questões de sustentabilidade energética, que permitirão aos edifícios manterem temperaturas de 22 graus ao longo de todo o ano, quer através da instalação de sistemas de climatização de muito baixo consumo, quer pelo uso de pavimento radiante. Para além do cuidado com o isolamento térmico, serão ainda usadas soluções de construção que vão permitir o aproveitamento solar dos envidraçados no inverno, ou o seu ensombramento, no verão.

Pedro Magalhães Ribeiro referiu, na apresentação do projeto, que “a mais valia de um espaço deste tipo não se limita ao processo de aprendizagem dos alunos, mas também às condições de ensino e de trabalho dos professores, técnicos e auxiliares”. Para o autarca, trata-se agora de garantir que todos os pressupostos são cumpridos e que a obra se desenvolve dentro dos prazos para que possamos ter “este equipamento disponível dentro de um ano”, agradecendo o esforço que o Agrupamento de Escolas D. Sancho I “vai ter de iniciar quer por ter as obras a decorrer na EB 2,3, quer pelo trabalho que a mudança imporá a todos, durante o período de transição”.

Redes Sociais
RSS
Follow by Email
Facebook

Google+

http://comercioenoticias.pt/2017/01/17/cartaxo-camara-adjudicou-construcao-do-centro-escolar-de-pontevel/
Twitter

Desmor Padel FPRM Gina Morais Megamaior Riografica

Comentar »

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.