Bookmaker artbetting.co.uk - Bet365 review by ArtBetting.co.uk

Bookmaker artbetting.gr - Bet365 review by ArtBetting.gr

Germany bookmaker bet365 review by ArtBetting.de

Premium bigtheme.net by bigtheme.org

ASFIC azarada ainda consegue dois pódios no Campeonato Ibérico

Paulo Araujo 18 Julho, 2017 0
ASFIC azarada ainda consegue dois pódios no Campeonato Ibérico
A equipa de ciclismo de Rio Maior, ASFIC – Grupo Parapedra / Dinazoo / Riomagic, deslocou-se no último domingo, a Almodôvar,  onde participou no Campeonato Ibérico de Ciclismo Masters.

O Campeonato Ibérico realiza-se todos os anos, alternando a sua realização entre Portugal e Espanha, sendo objetivo desta prova apurar os três melhores ciclistas de cada escalão de ambos os países. As caraterísticas do percurso são comuns a todas as categorias, embora com distâncias diferentes.

O concelho de Almodôvar sucedeu assim,  à localidade espanhola de Cazorla, na província de Jaén, Andaluzia, na disputa do Campeonato Ibérico de Ciclismo de estrada, para serem conhecidos oito novos campeões ibéricos nas categorias em liça: Elites Amadores, Master 30, Master 35, Master 40, Master 45, Master 50, Master 55 e Master 60.

Para esta prova a equipa do concelho de Rio Maior fez-se representar pelos ciclistas Rui Rodrigues, João Portela, Humberto Pereira Careca,  Hugo Feijão, Jorge Letras, Nuno Manso, Aníbal Santo e Luís Vicente, acompanhados pelo treinador Jorge Caldeira.

Pelas 11 horas da manhã, decorreu a primeira corrida, onde estavam presentes as categorias master 40 e restantes acima, onde a ASFIC tinha 3 atletas, Rui Rodrigues, Aníbal Santo e Humberto Careca, que tiveram de percorrer 116 km, onde os termómetros marcaram temperaturas bem acima dos 40 graus, o que acabou por ser uma dificuldade maior e adversa. A ASFIC era uma equipa bastante marcada pelos adversários, pois Rui Rodrigues é o atual campeão nacional, e Humberto Careca tentava defender o seu titulo de campeão Ibérico.

Com cerca de 40 km percorridos Aníbal Santo ao vir à retaguarda, ao veículo de apoio buscar água para si e para os seus colegas de equipa, envolveu-se numa queda, o que originou a que nunca mais conseguisse chegar ao pelotão.

A cerca de 12 km para a meta,  quando Humberto Careca se encontrava com o seu colega Rui Rodrigues na frente, partiu o cabo das mudanças da sua bicicleta, o que levou a uma tentativa infrutífera de arranjo. Nesse momento 3 atletas espanhóis atacaram a corrida , um deles da categoria de Rui Rodrigues, ganhando algum espaço para o pelotão, não vindo a ser alcançados até ao fim. Rui Rodrigues venceu no pelotão ao sprint e subiu ao segundo lugar do pódio, tornando-se vice campeão ibérico.

Na Corrida da tarde, Elites Amadores, Master 30 e Master 35,  que foi adiada uma hora e encurtada na distância para também 116 km, a AASFIC participou com Luís Vicente, João Portela, Nuno Manso, Hugo Feijão e Jorge Letras.

Logo no inicio da corrida deu-se uma fuga de 4 atletas, onde estava Luís Vicente da ASFIC, que andaram cerca de 50 km até serem alcançados pelo pelotão. Após o atleta da ASFIC ser alcançado, a ASFIC através de Nuno Manso voltou a atacar com mais alguns atletas, juntando-se pouco depois ao grupo outro atleta da ASFIC, João Portela.

Perto dos 30 km finais, o azar batia a porta da ASFIC, pois Luís Vicente furou, não estando neste momento o carro da equipa no pelotão, uma vez que estava atrás da fuga para apoiar os 2 atletas da ASFIC.

Quando o grupo de fugitivos já estava bastante reduzido e apenas a 15 km do fim, o azar voltou a bater a porta da ASFIC, João Portela que era um forte candidato ao lugar mais alto do pódio, embateu num buraco, o que fez com que tivesse uma queda violenta, sendo transportado de imediato para o hospital de Castro Verde.

Nuno Manso viria a acabar a corrida com os fugitivos, e a subir ao 3 lugar do pódio no seu escalão.

Segundo os responsáveis da equipa, “uma vez mais elevámos ao mais alto nível a cidade de Rio Maior e os patrocinadores da equipa, não só a nível nacional, mas além fronteiras e por isso toda a equipa está de parabéns, pois os pódios alcançados são fruto do excelente trabalho desempenhado por quem trabalha arduamente no sentido de conseguir sempre bons resultados”.

Entretanto, João Portela já se encontra a repousar na sua residência, não tendo partido qualquer osso do corpo, mas encontra-se bastante magoado e “esfarrapado”, desejando-lhe a direção e colegas de equipa rápidas melhoras.

Redes Sociais
RSS
Follow by Email
Facebook

Google+

http://comercioenoticias.pt/2017/07/18/asfic-azarada-ainda-consegue-dois-podios-no-campeonato-iberico/
Twitter

FPRM Gina Morais Megamaior Riografica

Comentar »

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.