Bookmaker artbetting.co.uk - Bet365 review by ArtBetting.co.uk

Bookmaker artbetting.gr - Bet365 review by ArtBetting.gr

Germany bookmaker bet365 review by ArtBetting.de

Premium bigtheme.net by bigtheme.org

Rio Maior: Bloco de Esquerda apresentou candidatos às Autárquicas 2017

Paulo Araujo 7 Agosto, 2017 0
Rio Maior: Bloco de Esquerda apresentou candidatos às Autárquicas 2017
Decorreu ao final da tarde deste domingo, 6 de agosto, a apresentação pública dos cabeças de lista do Bloco de Esquerda de Rio Maior às eleições autárquicas do próximo dia 1 de outubro.

Sob o lema “Democracia e Progresso, Sem Medos!”, os bloco esquerdistas de Rio Maior apresentam como candidato à Câmara Municipal Francisco Pascoal de 20 anos de idade. O jovem candidato, natural de Rio Maior, é licenciado em Biologia Celular e Molecular pela Faculdade de Ciências e Tecnologias da Universidade NOVA de Lisboa, estagiou em vários laboratórios de microbiologia e desempenha atualmente o cargo de Presidente da Direção da Associação Nacional de Estudantes de Biologia, tendo organizado o 1.º Fórum da referida associação.

Ambientalista e ativista em defesa do Ensino Superior Público, Francisco Pascoal organizou a campanha FCTrees, durante a qual se plantaram 191 árvores e esteve presente em várias manifestações em defesa do rio Tejo e contra a Central Nuclear de Almaraz. Organizou exposições de literatura na Faculdade que frequentou, bem como várias palestras científicas.

Luís Bento, de 20 anos de idade, natural de Alcobertas, é o candidato do Bloco à Assembleia Municipal de Rio Maior. Antes de frequentar a licenciatura em Ciência Política no Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas, Luís Bento foi eleito representante dos alunos da Escola Secundária de Rio Maior junto do Conselho Geral do mesmo estabelecimento de ensino.

É membro suplente da atual Coordenadora Nacional de Jovens do Bloco de Esquerda e um dos coordenadores da concelhia de Rio Maior. É ativista em defesa do Ensino Superior Público e administrador do jornal online “O Alcobertense”. Desempenha atualmente o cargo de Vice-Presidente do Núcleo de Ciência Política do ISCSP.

Para a Assembleia de Freguesia de Rio Maior o Bloco de Esquerda apresentou como candidato Orlando Gonçalves de 72 anos de idade. Natural de Rio Maior, foi membro do Clube Riomaiorense e Vice-Presidente da União Desportiva de Rio Maior. Foi ainda um ativo cidadão em defesa das conquistas de Abril no concelho de Rio Maior, tendo privado com inúmeras figuras conhecidas da vida política nacional. Orlando Gonçalves trabalhou como industrial de hotelaria, foi chefe do campo de golfe e funcionário da Câmara Municipal de Rio Maior.

Ricardo Silva, de 20 anos de idade, é o mandatário da candidatura do Bloco de Esquerda de Rio Maior para as próximas autárquicas.

Nesta sessão o jovem mandatário começou por referir: “Inicia-se, aqui e agora, um novo ciclo na vida do nosso concelho. Apresentamos uma alternativa real a quatro décadas de desastrosos mandatos de PSD, PS e CDS. Somos uma alternativa cidadã e ecologista , uma alternativa ambiciosa mas realista. Sabemos que é possível fazer mais e melhor”, realçou Ricardo Silva que acrescentou de seguida: “Desta forma escolhemos o Francisco Pascoal para candidato à Câmara Municipal de Rio Maior, porque acreditamos que dará ao nosso concelho aquilo de que precisa.

Ricardo Silva lamentou ainda os ataques de que tem sido alvo o candidato Francisco Pascoal, “oiço por aí muitos incendiários, talvez enviados pelas forças do poder a lançar ataques pessoais, e não políticos, ao nosso candidato. Uns dizem que não é sequer licenciados, outros afirmam que juventude é sinónimo de incompetência. Mas uma coisa vos digo: Precisam de mais força para nos derrubar e não vão conseguir o que querem porque, no dia 1 de outubro o Francisco Pascoal será eleito para um mandato de 4 anos em que vai defender o interesse público e fazer a diferença na vida de quem cá vive e de quem cá trabalho”, referiu esperançado Ricardo Silva.

Por sua vez, Francisco Pascoal começou por referir que “estas candidaturas do Bloco de Esquerda trazem consigo novas ideias e uma nova visão, capaz de enfrentar e desafiar os poderes políticos já presentes em Rio Maior”, acrescentando que “o Bloco de Esquerda se apresenta como uma alternativa e visão de esquerda, na qual a prioridade são os interesses públicos, do povo, e a defesa da classe trabalhadora, em vez das negociatas obscuras e pouco transparentes que certos partidos parecem fazer em Rio Maior. A concessão da água pública deste concelho é um bom exemplo de como faz falta, em Rio Maior, mais vozes de esquerda, capazes de fazer frente ao pré-estabelecido”, salientou.

O jovem candidato referiu ainda que “esta candidatura tem por trás uma equipa muito diversificada, mulheres e homens de todas as gerações entre os 18 e os 72 anos, e vai desde estudantes, à própria base da classe trabalhadora. Nesta equipa e no Bloco de Esquerda, independentemente da idade, todas as pessoas são tratadas, ouvidas e respeitadas como iguais! Isto significa que não usamos jovens, nem idosos como bonecos, para enfeitar listas e ganhar  votos. Não! No Bloco, tenhamos 18 ou 70 anos, somos ouvidos e isso trata-se, simplesmente de valorizar a Democracia”, destacou Francisco Pascoal.

O candidato bloco esquerdista salientou também: “A nossa primeira prioridade será lutar contra os aumentos escandalosos nas contas de água da população riomaiorense. Não vamos aceitar desculpas esfarrapadas para dar mais dinheiro a interesses puramente privados e, diga-se de passagem, de nuances políticas muito pouco transparentes. Mas queremos ir ainda mais além. Queremos trazer para os órgãos que controlam Rio Maior a luta pela erradicação da precariedade, porque o emprego pleno e digno não é uma regalia, é um direito que resultou de muitos anos de luta da classe trabalhadora, apoiada por forças políticas de Esquerda”.

A finalizar, Francisco Pascoal frisou: “Antes mesmo de se conhecer todas as pessoas de todas as listas e as nossas medidas concretas, já havia pessoas a tentar rebaixar-nos (como é óbvio, apenas nas redes sociais) e eu refleti um pouco sobre o assunto…. E acho que percebi o que a nossa candidatura tem de especial, algo que muitas pessoas ainda não aceitaram: Conseguimos mostrar que qualquer grupo de pessoas, mesmo as que vivem com maiores dificuldades, independentemente das habilitações literárias, tipo de emprego, idade ou da família, pode e deve participar ativamente  na disputa pela tomada de decisão daquilo que é de todo o povo. Porque vivemos em Democracia e porque lutamos por uma democracia plena, onde todas as vozes são ouvidas. E é por isso que cá estamos, por Rio Maior! Pela Democracia e pelo Progresso, sem Medos!” concluiu.

Destaque ainda para a presença nesta cerimónia do Deputado e Dirigente do Bloco de Esquerda que salientou a confiança que o partido tem numa candidatura como a de Rio Maior, pois garante que fazem falta ideias novas aliadas à dinâmica e ambição.

Orlando Gonçalves – Candidato à                             Luís Bento – Candidato à Assembleia

Assembleia de Freguesia de Rio Maior                    Municipal de Rio Maior

 

Redes Sociais
RSS
Follow by Email
Facebook

Google+

http://comercioenoticias.pt/2017/08/07/rio-maior-bloco-de-esquerda-apresentou-candidatos-as-autarquicas-2017/
Twitter

FPRM Megamaior Riografica

Comentar »

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.