Bookmaker artbetting.co.uk - Bet365 review by ArtBetting.co.uk

Bookmaker artbetting.gr - Bet365 review by ArtBetting.gr

Germany bookmaker bet365 review by ArtBetting.de

Premium bigtheme.net by bigtheme.org

Bombeiros de Rio Maior: 125 anos a fazer história

Paulo Araujo 9 Dezembro, 2017 0
Bombeiros de Rio Maior: 125 anos a fazer história
Corporação celebrou ontem o aniversário e distinguiu a Câmara Municipal de Rio Maior como sócio benemérito

O dia 8 de Dezembro foi de festa para a Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Rio Maior, que celebrou o seu 125.º aniversário.

A Direção e Comando do Corpo de Bombeiros preencheram a manhã com o Hastear da Bandeira, o Café do Bombeiro e uma romagem ao cemitério em homenagem aos bombeiros, sócios e amigos falecidos, tendo sido depostas coroas de flores no talhão onde repousam os restos mortais daqueles que em tempos deram parte da sua vida a esta nobre instituição.

Ao meio-dia, o Rev. Padre Paolo Beretta celebrou na Igreja Paroquial de Rio Maior uma missa solene por intenção dos bombeiros, dirigentes e sócios falecidos.

Após o almoço, foi feita a receção às entidades convidadas tendo a Fanfarra dos Bombeiros, dirigida pelo Maestro Cristiano Pestana, oferecido ao muito público presente uma excelente atuação.

Pouco depois, o Salão Nobre, completamente lotado, acolheu a sessão solene comemorativa deste 125.º aniversário dos Bombeiros de Rio Maior, a qual foi presidida pelo Ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita.

Na Mesa de Honra sentaram-se ainda Isaura Morais, Presidente da Câmara Municipal de Rio Maior, António Quevedo, Presidente da Direção da Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Rio Maior (AHBVRM), Paulo Cardoso, Comandante da instituição, Eduardo Casimiro, Presidente da Assembleia Geral da AHBVRM, Adelino Gomes, Vice-Presidente do Conselho Executivo da Liga dos Bombeiros Portugueses, Carlos Gonçalves, Comandante da Federação dos Bombeiros do Distrito de Santarém, António Paixão, Comandante da Autoridade Nacional de Proteção Civil, Leonardo Ferreira, Presidente do Conselho Fiscal da AHBVRM, e o pároco de Rio Maior, Paolo Beretta.

Na sessão conduzida por Samuel Dias, Adjunto de Comando dos Bombeiros Voluntários de Rio Maior, o primeiro a usar da palavra foi o Presidente da Assembleia Geral da AHBVRM que relembrou a história desta nobre instituição, “durante todos estes anos homens de boa vontade venceram enormes dificuldades para conseguir erguer a Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Rio Maior”, realçou.

Eduardo Casimiro reconheceu a boa parceria existente com a Câmara Municipal de Rio Maior e anunciou que a AHBVRM iria distinguir, nesta cerimónia, a autarquia riomaiorense como associado benemérito.

A terminar a sua intervenção, Eduardo Casimiro homenageou o corpo de bombeiros e pediu uma enorme salva de palmas para aqueles homens e mulheres, tornando-se num dos momentos mais emotivos da cerimónia com todo o público a aplaudir de pé.

Seguiu-se a intervenção de Paulo Cardoso, Comandante da AHBVRM, que começou por salientar ser uma enorme honra receber o Ministro da Administração Interna numa data tão importante para a instituição que comanda.

Paulo Cardoso agradeceu à direção da associação todo o apoio dado e recordou os bombeiros da corporação falecidos nos últimos anos.

“Cento e vinte e cinco anos de história, e com muitas histórias pelo meio, onde a solidariedade, a fraternidade e o amor ao próximo estiveram sempre na linha da frente. Não é fácil transmitir nestas palavras tudo aquilo que esta Associação e o seu Corpo de Bombeiros significam para mim e para todos nós”, frisou Paulo Cardoso.

Prosseguindo, o Comandante da Associação dirigiu-se ao quadro ativo de bombeiros: “São vocês o elo mais importante desta Instituição, bem como os elementos com mais responsabilidades no socorro e proteção civil no concelho de Rio Maior. São estas mulheres e homens que demonstraram durante o presente ano, total disponibilidade, e o espírito de sacrifício necessário para desempenharem de forma disciplinada, abnegada, correta e profissional, diria mesmo brilhante, a missão que lhes está confiada pelo Estado Português”, sustentou Paulo Cardoso que relembrou de seguida toda a atividade desenvolvida por esta Associação ao longo do corrente ano.

De seguida foram distinguidos com a medalha de grau ouro por bons e efetivos serviços os elementos da direção Eduardo Casimiro e Silvino Vieira, bem como os bombeiros José Nascimento e Luís Miguel. Também o Comandante Paulo Cardoso foi distinguido nesta cerimónia.

Seguiu-se o juramento de bandeira dos recrutas Hugo Pereira, Hugo Nogueira, Tiago Santos e Margarida Bernardes aos quais lhes foram impostas as respetivas divisas.

A cerimónia prosseguiu com a intervenção de António Quevedo, Presidente da Direção da AHBVRM que recordou se este o seu primeiro discurso oficial, ele que assumiu a presidência da instituição há menos de um ano.

António Quevedo  referiu: “São 125 anos de atividade honrosa recheados de registos gloriosos, mas a nossa história não se esgota nas glórias do passado, pois é nosso dever continuar a lutar pelo futuro da nossa associação”, acrescentando que “enquanto houver vontade e empenho não existirão obstáculos intransponíveis”.

A terminar o Presidente da Direção dirigiu-se ao Corpo de Bombeiros referindo que “são eles o verdadeiro pilar desta instituição”. António Quevedo deixou ainda uma palavra de apreço ao Comando dos Bombeiros e agradeceu a colaboração da Câmara Municipal e da Junta de Freguesia de Rio Maior.

O momento seguinte foi o de atribuição de diplomas aos elementos da Fanfarra dos Bombeiros Voluntários de Rio Maior, tendo o maestro Cristiano Pestana chamado para receber o prémio de assiduidade os elementos Fernando Carmo, Vítor Simões, Teresa Vicente e Raquel Ferreira.

Vânia Carvalheiro foi distinguida como a melhor trompetista do ano e Ruben Felício, Carolina Santos e Beatriz Lázaro os melhores percussionistas.

Seguiu-se a intervenção do  Vice-Presidente do Conselho Executivo da Liga dos Bombeiros Portugueses, Adelino Gomes, que começou por referir ser uma honra estar presente num momento tão importante desta digna associação.

Dirigindo-se aos bombeiros, Adelino Gomes disse: “Quero vos agradecer o esforço e dedicação por estarem sempre disponíveis para salvar os vossos semelhantes. Vocês são excelentes executantes e altruístas na vossa missão”, acrescentando que “é importante que o Estado reconheça estes homens e mulheres que vão até à exaustão”.

A intervenção seguinte esteve a cargo da Presidente da Câmara Municipal de Rio Maior. “Estes homens e mulheres respondem presente e dão tudo de si. Merecem o nosso aplauso e serem reconhecidos publicamente”, realçou Isaura Morais que proferiu ainda: “É esse reconhecimento de um trabalho exemplar de todos os nossos bombeiros, que quero aqui deixar bem expresso, tanto em nome da Câmara como de todos os riomaiorenses”.

Isaura Morais mostrou ainda a sua satisfação pela distinção da Câmara Municipal de Rio Maior como sócio benemérito da AHBVRM.

A finalizar a autarca dirigiu-se novamente aos bombeiros dizendo: “Olho para vós com muito respeito e admiração, e em cada um de vós encontro um espírito nobre, altruísta, um voluntário ao serviço da comunidade”, concluiu.

Seguidamente o bombeiro de 3.ª Samuel Patrício recebeu o prémio de Estagiário de Mérito referente ao ano 2016.

Nomeados para o Bombeiro de Mérito 2016 “Comandante Dr. Eduardo Agostinho” estavam Cláudio Matias, Luís Miguel e Joel Silva, acabando o prémio por ser atribuído ao bombeiro de 3.ª Luís Miguel.

A sessão solene prosseguiu com o Ministro da Administração Interna a impor no estandarte da AHBVRM a medalha de mérito de proteção e socorro no grau ouro e distintivo azul, atribuída pelo Governo aos Bombeiros de Rio Maior.

Eduardo Cabrita encerrou esta sessão solene, começando por realçar ser a primeira cerimónia de aniversário de uma corporação de bombeiros em que tem a honra de participar como Ministro da Administração Interna, acrescentando ser uma honra estar presente numa associação que “conta 125 anos a dar o melhor de si ao serviço do próximo”.

O Ministro da Administração Interna avançou ainda com a garantia que no próximo ano nenhuma associação receberá menos do que recebeu em 2017.

Eduardo Cabrita afirmou ainda que vai ser aberta uma nova discussão com a Liga dos Bombeiros Portugueses (LBP) sobre a lei de financiamento das associações humanitárias dos bombeiros voluntários, tendo em conta o “novo papel” em que se pretende articular o voluntariado com o reforço da profissionalização. O ministro adiantou que o investimento de cerca de 43 milhões de euros para os bombeiros voluntários será aplicado, no próximo ano, em 68 novos quarteis e 78 viaturas.

Terminada a sessão solene comemorativa do 125.º aniversário da Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Rio Maior seguiu-se um Porto de Honra.

 

Redes Sociais
RSS
Follow by Email
Facebook

Google+

http://comercioenoticias.pt/2017/12/09/bombeiros-de-rio-maior-125-anos-a-fazer-historia/
Twitter

FPRM Gina Morais Megamaior Riografica

Comentar »

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.