Bookmaker artbetting.co.uk - Bet365 review by ArtBetting.co.uk

Bookmaker artbetting.gr - Bet365 review by ArtBetting.gr

Germany bookmaker bet365 review by ArtBetting.de

Premium bigtheme.net by bigtheme.org

Rio Maior foi cidade talismã para a seleção portuguesa de futsal

Paulo Araujo 11 Fevereiro, 2018 0
Rio Maior foi cidade talismã para a seleção portuguesa de futsal
 

Foi no Complexo Desportivo de Rio Maior que a seleção portuguesa de futsal preparou a sua participação no Campeonato da Europa da modalidade disputado entre os dias 30 de janeiro e 10 de fevereiro, em Liubliana, capital da Eslovénia, o qual terminou com uma vitória de Portugal frente à Espanha na final, resultado que lhe valeu o título de Campeão Europeu, feito alcançado pela primeira vez.

Orientada pelo técnico Jorge Braz, a seleção Lusa esteve no Centro de Estágios e Formação Desportiva de Rio Maior entre os dias 17 e 26 de janeiro, treinando diariamente no Pavilhão Polidesportivo desta cidade, local onde foi tirada a foto de família que ilustra este texto.

Neste Europeu Portugal começou por vencer a Roménia por 4-1, defrontando de seguida a seleção ucraniana a quem venceu por 5-3. Nos quartos de final Portugal goleou o Azerbaijão por uns expressivos 8-1. Foi preciso sofrer para chegar à final, uma vez que nas meias-finais Portugal esteve a perder com a Rússia durante grande parte do encontro, mas dois golos de André Coelho e um de Bruno Coelho já na segunda parte carimbaram o passaporte da nossa seleção para a final.

Frente à Espanha a seleção portuguesa procurava alcançar o seu primeiro título europeu e logo no 1.º minuto Ricardinho, considerado o melhor jogador deste Campeonato da Europa, deu asas a esse sonho ao colocar Portugal em vantagem após um golo de belo efeito. Mas os espanhóis viriam a chegar à igualdade mesmo à beirinha do intervalo graças a um golo de Torla. Na segunda parte a Espanha passou para a frente do marcador através de um golo marcado por Lin a 8 minutos do final.

Foi já em desespero que Portugal chegou à igualdade, numa altura em que jogava com guarda-redes avançado, a pouco mais de um minuto do fim. Bruno Coelho desviou à boca da baliza e levo-o o jogo para prolongamento. E foi o mesmo Bruno Coelho que viria a marcar o golo decisivo a cerca de 55 segundos do final do prolongamento ao apontar de forma irrepreensível uma grande penalidade.

PARABÉNS PORTUGAL!

Redes Sociais
RSS
Follow by Email
Facebook

Google+

http://comercioenoticias.pt/2018/02/11/rio-maior-foi-cidade-talisma-para-a-selecao-portuguesa-de-futsal/
Twitter

Gina Morais Megamaior Megamaior Riografica

Comentar »

Deve iniciar sessão para comentar.