Bookmaker artbetting.co.uk - Bet365 review by ArtBetting.co.uk

Bookmaker artbetting.gr - Bet365 review by ArtBetting.gr

Germany bookmaker bet365 review by ArtBetting.de

Premium bigtheme.net by bigtheme.org

Município de Azambuja concorre às “7 Maravilhas à Mesa”

Paulo Araujo 27 Março, 2018 0
Município de Azambuja concorre às “7 Maravilhas à Mesa”
 

O Município de Azambuja é um dos nomeados ao concurso “7 Maravilhas à Mesa” cuja pré-seleção dos semifinalistas será conhecida no próximo dia 7 de abril.

Cumprindo os requisitos desta iniciativa de âmbito nacional, aquela autarquia reuniu uma parte do que tem de melhor e mais caraterístico no seu património gastronómico. Além das iguarias e vinhos  a candidatura integra, na categoria designada Roteiros, o projeto «Aveiras de Cima – Vila Museu do Vinho» com as suas adegas e os seus lagares como experiências únicas e peculiares do concelho de Azambuja.

Nesta candidatura, a autarquia pretende conjugar a identidade e a autenticidade de um povo, com o turismo, aliados à gastronomia genuína da região enriquecida e valorizada pelos seus produtos endógenos. O concurso pedia a composição de uma mesa que leve à descoberta dessas maravilhas locais.

A mesa do Município de Azambuja foi apresentada numa adega, tendo a autarquia servido um queijo de cabra, da Quinta da Granja dos Moinhos, de pasta mole, produzido inteiramente na localidade da Maçussa e reconhecido nacional e internacionalmente. Para acompanhar este queijo, e o excelente pão de trigo Barbela, foi servido um tinto da casa Batoréu, produzido com uvas das vinhas de Aveiras de Cima. À mesa, diretamente do rio Tejo, foram também apresentadas as enguias, fritas e de escabeche.

Sendo o pão o elemento central da mesa, não faltaram a Lapardana, a Manja e o Torricado, todos acompanhados por uma bela posta de bacalhau assada na brasa. E como pratos tão perfumados pedem um vinho com um bom perfil aromático, Azambuja apostou no branco Arinto da casa Batoréu.

A “Vila Museu do Vinho” foi a experiência única que a autarquia selecionou por ser efetivamente única no país, e que assenta na própria vila de Aveiras de Cima, nas suas adegas, nas vinhas e nos bons vinhos que produzem. São perto de duas dezenas de parceiros onde cada adega e cada produtor, através do seu espólio, permitem um contacto direto com a sua realidade e o seu saber. Do mais artesanal ao mais tecnológico, numa viajem desconcertante, os visitantes são também chamados a pôr o pé na terra, para uma experiência na vinha, sempre diferente ao longo do ano, consoante a fase do ciclo do vinho que se estiver a vivenciar.

E a “viajem” termina da melhor maneira, à mesa, na Adega Batoréu

Organizada pela EIPWU, entidade detentora dos direitos exclusivos da marca das “7 Maravilhas”, esta iniciativa terá a sua final no dia 16 de setembro, onde as “7 Maravilhas à Mesa” serão escolhidas por votação direta da população portuguesa.

O Município de Azambuja acredita que tem um produto diferenciador e, por isso, apresentou esta candidatura já aceite na primeira pré-seleção. No dia 7 de abril, serão reveladas as 49 mesas semifinalistas.

Redes Sociais
RSS
Follow by Email
Facebook

Google+

http://comercioenoticias.pt/2018/03/27/municipio-de-azambuja-concorre-as-7-maravilhas-a-mesa/
Twitter

Gina Morais Riografica Megamaior Megamaior Riografica

Comentar »

Deve iniciar sessão para comentar.