Bookmaker artbetting.co.uk - Bet365 review by ArtBetting.co.uk

Bookmaker artbetting.gr - Bet365 review by ArtBetting.gr

Germany bookmaker bet365 review by ArtBetting.de

Premium bigtheme.net by bigtheme.org

Hélio Videira, da ASFIC/Dinazoo, subiu ao pódio na Taça de Portugal XCM

Paulo Araujo 29 Maio, 2018 0
Hélio Videira, da ASFIC/Dinazoo, subiu ao pódio na Taça de Portugal XCM
 

A Taça de Portugal XCM teve o seu inicio no passado dia 20 de maio, na localidade de Mêda, com a realização da “Mêda100 Marathon”, prova de categoria internacional, ou seja, pontua para UCI, o que fez com que muitos atletas estrangeiros estivessem presentes com o objetivo de “amealhar” mais uns pontos, o que escusado será dizer que a prova teve uma qualidade elevada de atletas, assim como, em número de participantes, cerca de 300 atletas federados.

Pela equipa riomaiorense da ASFIC/Dinazoo competiram Hélio Videira, Carlos Santos, Bruno Rodrigues e Tomás Gomes, sendo que só Hélio Videira tem experiência nestes “palcos” mas alguma vez é a primeira, e foi com esse espirito que os restantes atletas encararam esta competição de “nível internacional”, que lhes colocou pela frente 97 km e 2700 metros de subida.

No que diz respeito à prestação dos atletas da ASFIC, só Hélio Videira considerou a sua prestação positiva, já que Carlos Santos, Bruno Rodrigues e Tomás Gomes não ficaram satisfeitos com as suas prestações, confidenciando que ficaram aquém dos seus objetivos, pois acreditam que possuem condição física para melhor, mas o que conta é a linha de meta e nessa os resultados foram os seguintes:

Hélio Videira – 4.º lugar Master 40 – 46.º Geral

Bruno Rodrigues 18.º Master 30 – 84.º Geral

Carlos Santos 28.º Master 35 – 122.º Geral

Tomás Gomes 26.º Master 30– 128.º Geral

Quanto à organização, os atletas de Rio Maior não têm reparos a fazer, pois consideram que esteve ao nível do que é exigido, contudo acharam o percurso “pobre” para quem gosta de alguma técnica e trilhos, mas sabem que não se pode agradar a todos. Apesar da longa viagem a comitiva da ASFIC considera importante participar nestas provas da Taça de Portugal, de modo a poder estar entre as melhores equipas nacionais.

No final os responsáveis da ASFIC agradeceram aos seus atletas “por nunca baixarem os braços e levarem as cores da equipa até à linha de meta”. Deixaram também um agradecimento especial a José Carlos Santos e a Frederico Mata, que foram os responsáveis por toda a logística dos atletas, bem como aos patrocinadores da equipa, “sem eles seria muito mais difícil estar nestes palcos”, referem.

Ricardo Félix também competiu no Alentejo

Sensivelmente ao mesmo tempo, mas a muitos quilómetros de distância, nomeadamente em pleno Alentejo, o atleta da ASFIC/Dinazoo, Ricardo Félix, participou pela primeira vez no evento de BTT “Avalade/Porto Covo”, prova esta sem cronómetro nem classificação, ou seja, apenas pelo prazer de disfrutar do puro BTT, do convívio, das paisagens e do companheirismo.

À partida estavam alinhados mais de 3.000 atletas, 800 deles na mesma competição que Ricardo Félix, que fizeram o percurso Alvalade/Porto Covo/Alvalade completando 120 km com 1200 metros de acumulado. O evento contou com muitos abastecimentos, muita assistência, muito público a apoiar os atletas, numa prova que já vai na sua 20.ª edição.

Mais três atletas da ASFIC em competição no mesmo dia, desta feita na Maratona de Sobral de Monte Agraço

Jorge Sousa, Leonel Bento e Paulo Frazão  participaram na maratona de Sobral de Monte Agraço, prova que integra a Taça Joaquim Agostinho/Socimaster, sendo esta a 4.ª prova pontuável.

A prova tem cariz humanitário e exigiu muito trabalho por parte da organização, uma vez que sempre apostou num percurso repleto de trilhos e continua a apostar, fazendo com que muitos atletas se apresentem à partida apenas com o interesse de aproveitar o grande trabalho desenvolvido pela organização, enquanto outros o fazem pela pura competição. Mas para além dos trilhos a “montes” o acumulado também é aos “montes”, não fosse a zona favorável a acumulado.

Os atletas da ASFIC participaram na meia maratona e os três alcançaram a linha de meta, tendo os resultados sido os seguintes:

Jorge Sousa – 14 .º Mastar A, 30.º Geral

Leonel Bento – 6.º Master B, 32.º Geral

Paulo Frazão – 13.º Master B, 60.º Geral

“Agradecemos aos nossos atletas por mais uma manhã de esforço e dedicação com as cores da equipa”, referiram no final os responsáveis da ASFIC/Dinazoo.

Redes Sociais
RSS
Follow by Email
Facebook

Google+

http://comercioenoticias.pt/2018/05/29/helio-videira-da-asficdinazoo-subiu-ao-podio-na-taca-de-portugal-xcm/
Twitter

Gina Morais Riografica Megamaior Megamaior Riografica

Comentar »

Deve iniciar sessão para comentar.