Bookmaker artbetting.co.uk - Bet365 review by ArtBetting.co.uk

Bookmaker artbetting.gr - Bet365 review by ArtBetting.gr

Germany bookmaker bet365 review by ArtBetting.de

Premium bigtheme.net by bigtheme.org

Rio Maior: Grupo de miúdos provoca medo a habitantes da zona antiga da cidade

Paulo Araujo 1 Agosto, 2018 0
Rio Maior: Grupo de miúdos provoca medo a habitantes da zona antiga da cidade
 

Uma habitante de uma das ruas da zona antiga da cidade de Rio Maior relatou ao Comércio & Notícias que ultimamente, especialmente desde que começaram as férias escolares, um grupo de miúdos cujas idades deverão rondar entre os 11 e os 15 anos, e em que o número por vezes chega a atingir as dez unidades, todas as noites, por vezes até fora de horas, se concentram nas artérias da parte velha da cidade, com especial destaque para a Praça do Comércio, Rua Serpa Pinto, Rua David Manuel da Fonseca e travessas envolventes.

Entre barulho e insultos às pessoas, segundo esta cidadã riomaiorense este grupo roubou há alguns dias atrás uma bicicleta que estava encostada à parede de uma casa, e numa outra situação entraram dentro de uma habitação de um casal de idosos para os provocar.

Desesperada com esta situação, esta moradora daquela zona da cidade, devidamente identificada pelo Comércio & Notícias, escreveu a carta que abaixo transcrevemos na íntegra:

“Alguém um dia disse que somos o reflexo dos nossos pais! Então isso significa que os meus pais me educaram bem, os pais dos meus amigos fizeram o mesmo, e entretanto alguma coisa se perdeu!

Não me recordo de quando era uma miúda, nem eu nem os meus amigos, roubarmos ou insultarmos pessoas mais velhas que nós independentemente da sua idade! O mais radical que fazíamos era tocar às campainhas e fugir, mas às 21h00 no máximo estávamos em casa para jantar e já não saiamos! Ou se o fizéssemos era com alguém adulto, fosse pai, tio, avô ou primo. Lembro-me de que quando errava, era corrigida, lembro-me que não gostava que isso acontecesse então não repetia!

Lembro-me de não ter medo de andar na minha terra a pé, lembro-me de ver as autoridades na rua, lembro-me de quando lhes havia respeito!  Lembro-me de pessoas que solucionavam e se dispunham a resolver qualquer contratempo. Hoje, hoje infelizmente, não vejo nada disso, ou pouco vejo!

Vejo miúdos em pleno dia, a vandalizar, roubar e insultar, dia após dia, e ninguém vê, ninguém ouve, ninguém sabe porque ninguém quer saber! Até ao dia, em que como se costuma dizer, encontrarem algum mais “maluco” que eles!

Hoje rouba-se uma bicicleta, amanhã entramos dentro da casa velha e cuspimos no dono. Amanhã arrancamos as flores da vizinha, urina-se nas paredes e fazemos barulho enquanto podemos, porque somos um grupo e temos mais força! Vamos roubar roupa do estendal! Então hoje vamos gozar com a velha e ameaçar o velho, aqueles que temos todos os dias chateado, porque não há nada melhor que fazer! E os pais? Onde andam? Onde estão? Apoiam?

Entre uma geração e outra, perdeu-se uma pequena coisa chamada respeito! O que aconteceu? Tenho uma ideia muito própria, mas não a partilho, seria “chacinada”! Mas às palmadas que levei eu agradeço, poderia ter mil e um defeitos mas falta de educação, certamente não é um deles! E estou viva, como é possível?

Agora ouvir de um “pirralho” que ainda mal largou as fraldas dizer a um homem que toda a vida trabalhou, aliás na idade desse mesmo “pirralho” mal educado, já trabalhava, que não sabia com quem se estava a meter?! Então, devemos comer e calar?! Autoridades informadas, imensa vez! Câmara, nem por isso! Pais…. Devem saber que os filhos andam na rua.. Criam pequenos delinquentes e os outros é que têm de os aturar! O que se pode fazer?! Sugiram!

Eu certamente, irei meter-me com quem não devo, pegar no seu braço quando apanhar algum e chamar as autoridades, para não perder a paciência que tanto teima em esgotar!”

Redes Sociais
RSS
Follow by Email
Facebook

Google+

http://comercioenoticias.pt/2018/08/01/rio-maior-grupo-de-miudos-provoca-medo-a-habitantes-da-zona-antiga-da-cidade/
Twitter

Gina Morais Riografica Megamaior Megamaior Riografica

Comentar »

Deve iniciar sessão para comentar.