Bookmaker artbetting.co.uk - Bet365 review by ArtBetting.co.uk

Bookmaker artbetting.gr - Bet365 review by ArtBetting.gr

Germany bookmaker bet365 review by ArtBetting.de

Premium bigtheme.net by bigtheme.org

PORTO DE MÓS: FICA EM PRISÃO PREVENTIVA A MULHER QUE TENTOU MATAR O COMPANHEIRO

Paulo Araujo 4 Janeiro, 2019 0
PORTO DE MÓS: FICA EM PRISÃO PREVENTIVA A MULHER QUE TENTOU MATAR O COMPANHEIRO
 

Foi esta sexta-feira, 4 de janeiro, sujeita a primeiro interrogatório judicial no Juízo Central de Instrução Criminal de Leiria, a mulher de 43 anos de idade que na última quarta-feira tentou matar o seu companheiro, em Cabeça Veada, na União de Freguesias de Arrimal e Mendiga, concelho de Porto de Mós, tendo-lhe sido declarada prisão preventiva.

Recorde-se que a mulher, empregada de escritório, munida de uma pistola transformada, desferiu três tiros no companheiro, de 54 anos de idade, empregado numa pedreira e depois, com uma pedra, agrediu-o na cabeça.

De seguida a mulher fugiu no carro do companheiro, tendo abandonado o carro em Santarém. Acabaria por ser detida pela PJ na madrugada seguinte, já em Lisboa, quando se preparava para abandonar o país.

Segundo a Procuradoria da Comarca de Leiria, “nos autos considerou-se fortemente indiciado que, no dia 2 de junho de 2019, entre as 11h00 e as 12h00, na residência do casal, a arguida, empunhando uma pistola semiautomática, aproximou-se do seu companheiro que se encontrava de costas e efetuou um disparo na sua direção. De seguida, após o ofendido se ter virado de frente para si, a arguida efetuou mais dois disparos. Posteriormente, encontrando-se o ofendido sentado no sofá, a arguida aproximou-se do mesmo e bateu-lhe na cabeça com uma pedra”.

O homem encontra-se ainda internado no Hospital de Santo André, em Leiria, com ferimentos na zona escapular esquerda, na região posterior do antebraço esquerdo, no tórax e ao nível do couro cabeludo, mas livre de perigo.

O tribunal considerou existência de perigo de fuga e perturbação grave da ordem e tranquilidade públicas, tendo por isso determinado que a arguida aguardasse os demais trâmites processuais sujeita, cumulativamente, às obrigações decorrentes do termo de identidade e residência (TIR) e em prisão preventiva.

A investigação irá prosseguir sob direção do Ministério Público do Departamento de Investigação e Ação Penal de Leiria, com a coadjuvação da Polícia Judiciária daquela cidade.

Redes Sociais
RSS
Follow by Email
Facebook

Google+

http://comercioenoticias.pt/2019/01/04/porto-de-mos-fica-em-prisao-preventiva-a-mulher-que-tentou-matar-o-companheiro/
Twitter

PASKA CAR Gina Morais Wash Rio Riografica Megamaior Megamaior Riografica

Comentar »

Deve iniciar sessão para comentar.